Arquivo da categoria: Supermãe

Ensinando o Adeus

319239_299746960052824_371301461_n

Ontem nosso cachorro Ross virou estrelinha.

Hoje fui contar para as crianças quando eu me recuperei um pouco da tristeza e para minha surpresa eles entenderam melhor do que eu rs.

Na verdade eles ainda não tem essa noção de morte, de perda e de saudade que nós temos.

Eles já perderam um avô e sempre falam do Vovô Walthão que mora no céu.

Quando o nosso gatinho morreu contei que o vovô queria muito um gato lá com ele e como o Clyde era muito bonzinho e legal ele foi, na época lembro que não usei hora alguma a palavra morte, nem para o vovô e nem para o Clyde.

Mas hoje foi diferente, quando fui contar que o Ross foi para o céu e não voltaria, me devolveram na lata “mas ele morreu mãe?” e tive de responder “sim, ele morreu e está no céu junto com o vovô e o Clyde”.

A primeira reação da Melissa foi perguntar “então nunca mais vamos vê-lo de novo?” e expliquei “agora só em fotos e na nossa lembrança”, passou um tempo e ela disse “mas vou sentir saudades”, “eu também meme, eu também” e nos abraçamos forte. Passou uns 2 minutos e ela me disse “mãe deixa que eu conto para o Alemão (nosso gato) que o Ross morreu, pois ele vai ficar muito triste e vai chorar e quero abraçar ele”(filha madura).

O Theo apenas olhou pra mim e falou “por isso você está tão triste mamãe? Não fica não” ai ele parou e disse…”o Leo (amigo dele que adorava o Ross) vai ficar triste quando souber”.

Ou seja, os dois ficaram tristes, mas estavam mais preocupados comigo, com o gato que era amigo do cachorro e do Leo amigo do Theo que adorava o Ross e como eles reagiriam do que o sentimento deles próprios que é claro que vão sentir falta do nosso amigão inseparável, mas foi assim que reagiram.

Agora a noite a Melissa me pediu para ver fotos so Ross pois já estava com saudade da carinha dele. Todos estamos Meme 😦

O Ross era o cachorro mais doce, fofo, carinhoso, amigo e meigo dessa vida. Ele nos olhava com um amor verdadeiro e ficava feliz apenas de nos observar nessa rotina louca e barulhenta de uma casa com gêmeos que ele viu nascer e crescer até os 5 anos. Viu muita bagunça e muitas vezes participou delas, outras apenas ficou de olho ou dormiu ao som da bagunça como se estivesse no paraíso.

O Ross foi o meu primeiro cachorro e o deles também e ficará nos nossos corações para sempre. Foi muito bom passar quase 14 anos com você do lado, sendo muito mais do que um cão.

Adeus Ross e obrigada por fazer parte dessa família que tanto te amou.

Meu filho de 4 patas 🙂

11011787_1041924705835042_2141890370540523888_n

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em 4 patas, Adeus, Depois, Supermãe

Mães precisam de ajuda

Imagem mãebanheiro

Uma coisa é fato, toda mãe precisa de ajuda.

Imagina uma mãe de gêmeos. Eu que o diga, ufa!

Uma amiga grávida me falou que o marido não estava achando legal a mãe dela ficar alguns dias na casa deles quando o bebê nascesse, realmente ele não sabe o que os espera hahaha. (posso rir dele, pois eu também quebrei a cara achando que bebês não davam trabalho)

Eu também achava que qualquer um seria “intruso” na minha casa, mas a coisa inverte quando você tem um (ou mais) bebê em casa.

Eu também achava que bebês eram coisas fofas e bonzinhos, realmente são fofos, mas dão MUITO trabalho, fora isso quem tem 90% do trabalho com o bebê é a mãe que está em casa em licença maternidade, o pai bonitão volta ao trabalho 5 dias depois.

E quem ajuda essa nova mãe com esse bebê lindo de Deus, fofo, mas que mama a cada 2 ou 3 horas, não dorme, tem cólica, faz montes de cocô e precisa de colo? Quem faz comida para essa mãe? Quem lava a louça pra ela? Quem ajuda a dar banho no bebê? Quem a deixa cochilar por algumas horinhas alguns minutinhos e cuida do bebê? Lembrando que o marido está trabalhando!!! ou seja, Deus seja louvado que tenha alguém querendo ajudar.

E quando essa mãe voltar ao trabalho, quem vai continuar cuidando 90% do filho e ainda da casa e todo o resto mesmo trabalhando fora? Mas isso deixo para outro post 😉

Post revoltado né? hahahaha

Mas essa é a realidade! Aqui em casa temos pouca ajuda, as vezes uma avó, raramente uma tia, eventualmente uma amiga…mas a melhor hipótese num caso de emergência, compromisso ou cineminha com o marido quem SEMPRE me salva é a minha empregada (mas ela eu tenho que pagar hahaha). Mas graças a Deus temos uma pessoa em que podemos confiar e até dormir fora de casa algumas vezes, pois se não fosse ela nem sei o que faríamos.

Mesmo hoje eles com 4 anos, precisamos MUITO de ajuda.

Portanto aceite ajuda quando for oferecida, você vai precisar! #ficaadica

Um vídeo para animar (ou não hahaha)

Deixe um comentário

Arquivado em Antes de tudo, Depois, Supermãe

Sexo Frágil?

supermae

Super mãe

Sério que existe alguém nesse planeta que ainda acha que a mulher é sexo frágil?

Ainda mais depois dessa mulher se tornar mãe! Viramos SIM super mulheres, conseguimos cuidar dos filhos, casa, marido, trabalho e com muita sorte ainda sobre tempo para cuidar de nós mesmas.

Quem passa a noite em claro e no dia seguinte sai para trabalhar? Quem chega cansada do trabalho após pegar muito transito para chegar na escola e pegar as crianças, chega em casa e vai dar comida, banho, senta no chão para brincar, faz lição de casa, coloca pra dormir e depois que eles dormem ainda lê o diário da escola, arruma a mochila ( no meu caso tudo dobrado). E quando acha que acabou, ainda tem o cachorro para cuidar, jantar, tomar banho e tentar sentar na frente da TV por alguns minutos. E no dia seguinte começar tudo de novo.

E você ainda tem o marido com quem quer sair de vez enquando, conversar, namorar e vai querer ouvir que é linda e maravilhosa por fazer tudo isso….hahahahahahahahaha (ok sem delírio!) Voltando…ainda terá de estar bonitinha, interessante e afim de dar um namorico, com uma calcinha sexy, cheirosa e tirando forças nem sei de onde. Além de tudo que você faz durante o seu dia alucinante, ainda arruma tempo para se cuidar, fazer ginástica, luzes, hidratação, unha…sério, somos DEMAIS mesmo heim.

Quem é o sexo fraco aqui?  😉

#somosdemais #somostodassupermulheres

Deixe um comentário

Arquivado em Depois, Supermãe

Frases de mãe

Screen Shot 2014-05-12 at 6.38.30 PM

Imagem retirada da internet.

Frases de mãe para comemorar o dia das mães.

Quem nunca ouviu pelo menos a metade dessas frases? E que atire a primeira pedra quem já não repetiu essas frases para seus filhos. Né?


1. ”Se eu for aí e achar esfrego na sua cara”.

2. ”Tá me achando com cara de empregada?”

3. ”Quando eu morrer não adianta chorar no caixão”. 

4. ”Peça ao seu pai, se ele deixar, eu deixo.” 

5. “Só não esquece a cabeça porque ta colada no pescoço.”

6. ” Pegou o casaco?”

7. ”Porque quem manda aqui sou eu”.

8. ”E você nasceu grudada com a fulana?”

9. ”Não quero ouvir mais um pio.”

10. “Qual parte do não você não entendeu?”

11. ”Um dia eu vou morrer, aí vocês vão ver.”

12. “Se descobrir que fumou, ou bebeu, vai se ver comigo”

13. ”Eu não vou falar de novo!”

14. ”Se eu não faço, ninguém faz nada nessa casa.”

15. ”Vai cair a mão se pegar do chão?!”

16. ”Tô ficando velha e não doida.”

17. ”Já pensou se pega no olho?”

18. ”Procure que você vai achar.”

19. “Quando tiver um filho vai me entender.”

20. “Quando chegar em casa a gente conversa!”

21. “Saudades de quando eram pequenos e sentiam minha falta”

Esqueci alguma? rs

Deixe um comentário

Arquivado em Depois, Supermãe

Palestra para mães

Olha ai mulherada! Já confirmei minha presença.

OBS: A palestra de quarta não vai rolar, só na sexta.

Olha ai mulherada! Já confirmei minha presença.

Deixe um comentário

06/05/2014 · 20:33

Bullying Materno

barbie 2

Acho que toda mãe que trabalha fora, sofre um pouco de bullying.

Se algum profissional da empresa vai ao dentista ok, se a avó de alguém morre ok, se o cachorro de alguém precisa de algo ok, se alguém exagerou na bebida e precisa ir embora porque está na maior ressaca ok. Mas se uma mãe fala que precisa ir embora porque o filho está com febre e ligaram da escola….xiiiiiiiiiiii as pessoas já te olham com aquela cara de “olha ai a folgada indo embora por causa do filho”.

Mas o que as pessoas não entendem é que mais dia menos dia, quem faz isso também será mãe ou pai e ai como vai ser?

Eu mesmo paguei minha lingua várias vezes, dizia um monte de coisa que hoje faço diferente com meus filhos. Só quem vive a maternidade sabe o que é.

Uma mãe dá a vida pelo filho, imagina se ela não vai correr quando ele precisa.

Existem empresas que não contratam mulheres em idades em que se tornam mães (hoje isso está bem mais complicado, já que mulheres de mais de 40 anos estão sendo mães), e muitas mulheres não querem ter filhos para se dedicarem única e exclusivamente à carreira. Então se a empresa quiser alguém sem filhos, está cheio de gente por ai. Mas realmente não acho que uma profissional com filhos se dedica menos que as sem filhos, não mesmo!!! Apenas aproveitamos melhor o nosso tempo, almoçando na mesa de trabalho, correndo durante o dia e até fazendo ligações do carro se não deu tempo de ligar do escritório. Apenas corremos mais e nos desligamos quando estamos em casa com as crianças.

Não acho que mães se dediquem pouco ao trabalho, mas tenho certeza que a prioridade vira imediatamente que o filho precisa de um socorro.

Trabalhei por quase 3 anos numa empresa e sai apenas 3 vezes com emergências dos meus filhos e MUITAS vezes com emergências com a minha mãe, ou seja, não contratar alguém que tenha filhos é mesmo uma boa ideia para a empresa? E se o funcionário tiver mãe…também não pode? hahaha

Hoje estou montando um negócio com uma amiga também mãe, ambas teremos problemas, correria e imprevistos, mas pelo menos não faremos bullying uma com a outra, faremos os nossos horários e nos cobraremos para alcançar as metas e objetivos da empresa, afinal seremos uma equipe trabalhando por um mesmo objetivo.

E ter mais tempo para ficar com os meus filhos, me faz uma pessoa mais feliz, decidi assumir isso e tentar coisas novas. E além disso ainda tenho que cuidar da minha mãe que está com problema de saúde, e esse foi o empurrão para eu realmente sair da empresa em que trabalhava e abrir meu próprio negócio.

Boa virar mãe empreendedora =)

Em breve novidades!!!!!!!!

Achei esse LINK que vale a pena ler. Por que ninguém pergunta para um alto executivo se ele tem filhos, babás…etc?

 

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Depois, Supermãe

Coisas que aprendi sendo mãe de gêmeos:

Ser mãe de gêmeos é maravilhoso, somos realmente especiais!

Ter gêmeos é ter SIM trabalho em dobro.

A mãe de gêmeos está sempre cansada, a gente sabe é disfarçar em alguns momentos.

Ter gêmeos é ter “turma” o tempo todo em casa, ou seja, bagunça sempre.

Na hora de comer, dormir, tomar banho é ótimo ter gêmeos, vira um mini quartelzinho e tudo funciona no horário certo.

A mãe de gêmeos sempre precisa responder um monte de perguntas “Eles nasceram prematuros?” “quem nasceu primeiro?” “Vc fez tratamento?” “Qual é o mais esperto?” “Vc engordou muito?”…e muitas outras.

Ouvir a frase “Até que você está bem para quem teve gêmeos” Valeu heim hahahahahahaha

Na escola o melhor é não deixar na mesma sala, é importante que contem coisas diferentes e tenham amigos diferentes. Foi a melhor coisa que fiz.

Mães de gêmeos estão sempre administrando ciúmes dos filhos, eles estão sempre disputando a nossa atenção.

Aprendi aceitar ajuda de quem oferece e pedir para quem não oferece.

Aprendi que ficar um pouco, nem que seja por  10 minutos sozinha com cada um, vale muito para eles.

Aprendi a respeitar o espaço e a vontade de cada um e me desdobro para deixa-los em algumas atividades separados um do outro.

Dizem que um dos gêmeos é sempre canhoto. Não sei se é verdade, mas um dos meus gêmeos é realmente canhoto.

Aprendi que o trabalho e o gasto é dobrado, mas a parte boa também 🙂

Aprendi a ser mãe! Sempre cansada, porém sempre feliz!

3 Comentários

Arquivado em Depois, Gêmeos, Supermãe