Arquivo da categoria: O pai

Adeus Vovô Walthão

Ontem nos despedimos do vovô Walthão.

Dr Walther Gravena, meu sogro e avô do Theo e da Melissa.

O vovô Walthão lutou muito, mas no dia 09.02.12 descansou.

Foi uma despedida bonita, com todas as pessoas (familiares, muitos amigos, médicos, enfermeiras, empregados e pacientes) contando histórias, lembranças e causos desse homem que marcou a vida de muita gente e posso dizer que salvou a vida de muita gente.

Um pai incrível e amoroso, que fazia tudo por seus filhos, um marido que esteve sempre ao lado da esposa, um sogro sensacional e muito carinhoso, um dos melhores médicos de Piracicaba (se não o melhor), sempre dedicado e amoroso com seus pacientes e com seus familiares, um chefe humano e bem humorado.

O bom humor era a principal característica dele, talvez por isso ontem foi tão tranqüilo. As pessoas lembravam dele com alegria e nunca com tristeza.

Fico muito feliz por meus filhos, que puderam aproveitar o vovozão, mesmo que por pouco tempo.

Decidimos não levar o Theo e Melissa conosco, preferi deixa-los em casa na rotina normal, afinal vovô Walthão já está morando em uma grande nuvem no céu.

Eles sabiam que o vovô estava “dodói” e hoje sabem que ele está no céu morando numa linda e grande nuvem. A imagem que quero que eles tenham, é do vovô rindo, brincando, gritando quando entrava na piscina e sentadão na poltrona dele assistindo jornal.

Não conheci meu avô paterno, perdi minha avó materna muito cedo e lembro que senti muita falta, até hoje me lembro do gosto do leite com chocolate quente dela…nunca mais tomei igual. O meu avô materno, perdi durante a adolescência, estava de férias e minha mãe só contou quando eu voltei, não consegui me despedir. A minha avó paterna viveu bastante e convivi muito com ela, infelizmente ela teve mal de alzheimer e se perdeu no tempo, viveu mais no passado do que no presente, mas o importante é que tenho lindas lembranças da infância com ela, uma mulher linda e festeira.

Os avós fazem falta. O amor deles é diferente, eles deixam o neto fazer o que não deixavam o filho fazer…rs. Esse mimo e esse carinho, acredito eu, é essencial para uma infância feliz.

Agora o vovô Zé, a vovó Rê e a vovó Joana vão precisar mimar um pouco mais.

Adeus vovô Walthão! E obrigada por ter sido tão especial em nossas vidas.

Amamos você!

Deixe um comentário

Arquivado em O pai

O pai do Theo e da Melissa

O Pai

Você conhece um homem, casa e deseja formar uma família com ele.

Mas no fundo você não sabe como será este homem no papel de pai.

O meu marido me surpreendeu.

Ele me acompanhou em todos os exames e em todas as consultas.

Ficou ao meu lado no parto.

Foi incrível no primeiro mês de vida dos pequenos.

Ele me ajudou muito com os bebês.

Dava banho, trocava a fralda, me ajudava a colocar pra dormir, me ajudava amamentar (afinal eram 2 bebês ao mesmo tempo).

Ele é carinhoso, gosta de brincar com eles, gosta de cuidar deles, adora dar banho neles até hoje.

Ele até mudou de trabalho, para conseguir ficar mais tempo com eles. Uma decisão que colocou a família em primeiro lugar na vida dele.

Ele descobriu para que serve algodão, aprendeu a usar o microondas para esterilizar as mamadeiras, ele se organizou para não perder os horários das mamadas e junto comigo descobriu que bebês soluçam.

Foi ele que introduziu o “BOPE” aqui em casa. Para fazer os bebês dormissem a noite toda, tirando a mamada da madrugada.

Pai é mais frio nesse sentido, mãe sempre acha que o bebê está com fome.

Mas o “BOPE” funcionou. Graças a atitude dele, hoje eles dormem a noite toda. E nós também! Eba!

É claro que tem o lado “trabalhei o dia todo e to cansado”…por mais incrível que seja o seu companheiro, você também vai ouvir isso um dia.

Mas se você o deixar cuidando o dia todo dos bebês, assim como você faz todos os dias, com certeza ele vai pensar 2, 3 ou até 4 vezes antes de repetir essa frase. (recomendo todas a fazerem isso!!!!!!rs)

Mas com certeza, ele é o pai mais incrível que já conheci.

Ele é o pai do Theo e da Melissa!!!

6 Comentários

Arquivado em O pai

Com o papai na pracinha

2 Comentários

Arquivado em O pai, Videos