Mãe de gêmeos de volta ao trabalho

Hoje foi o meu primeiro dia no trabalho. Depois de 1 ano e 7 meses em casa exclusivamente cuidado dos meus bebês.

Eu não senti o que muitas mães sentem, afinal demorei bastante para voltar e não senti culpa, nem tristeza…senti só uma saudade saudável.

Pude curtir muito meus bebês, e hoje eles estão muito bem no berçário. Fui aumentando gradativamente o tempo deles lá. (boa dica para quem ainda está insegura em deixar o dia todo)

Eles começaram só na parte da manhã sem almoço, depois incluímos o almoço, depois eles ficaram até as 3 da tarde com lanchinho e hoje começaram no novo horário até as 17:00hs.

Mas fiz questão do jantar ser em casa, vou tentar jantar com eles quase todos os dias! Quero trabalhar, mas quero ser a mãe presente que sempre fui para eles.

Meu pequeno o Theo sentiu mais a diferença do que a Mel (homens…sabe como é né…rs), ele ficou mais carente e pediu colo o tempo todo enquanto estávamos em casa.

Voltando ao assunto trabalho – Voltei hoje! Na verdade quando a gente volta nem parece que paramos tanto tempo. É o trabalho que gosto e isso é reslmente especial.

Acordei troquei os bebês, me arrumei e saímos rumo ao berçário. Após um tchau fofo peguei o rumo do trabalho (e um pouco de transito, afinal moro em São Paulo). Trabalhei feliz, depois encarei o transito novamente para pegar os pequenos no berçário. Chegando, jantamos e fui dar banho junto com a babá, colocamos o pijaminha e a babá foi embora! (ela só dorme quando necessário)

Fiquei quase 2 horinhas lambendo a cria. Dei beijos, mais beijos e mais beijos! Dei bolo de fubá junto com a mamadeira(mãe culpada!) Fiquei no tapete da sala brincando e contando para eles que essa mudança vai ser bem legal!

Brincamos com o IPAD, porque isso sim é um brinquedo que agrada mamãe e bebês! rs

E no mesmo horário de sempre os coloquei no berço, não sem dar muitos beijinhos e agradecer a ajuda deles nesse momento especial da minha vida.

É muito bom sentir o que eu estou sentindo hoje. Calma e a certeza que esperei o momento certo para voltar a trabalhar.

Depois conto mais! Vou dormir que amanhã começa tudo de novo!

Boa noite!

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Depois, Supermãe

12 Respostas para “Mãe de gêmeos de volta ao trabalho

  1. Cristiane Pacheco

    Samantha, curta cada momento, não se sinta culpada você buscou a melhor forma de adaptação. Aposto que eles adoram o berçário, e vão adorar mais ainda os momentos com a mãe. Para você que está voltando a trabalhar fora agora fica a dica. Nunca se culpe, se eles se machucarem na escolinha, pegarem virose, bater no coleguinha, apanhar do coleguinha, etc (não é pq vc está trabalhando e sim pq são crianças). Claro manter sempre os olhos bem abertos e manter-se presente na escola (nem que seja por telefone rsrsrs) Beijos e curta esta fase que é muito boa.

    • Oi Cris!
      Toda mãe sobrevive assim né?! rsrs
      Realmente eu senti que era a hora certa, e eles estão me ajudando muito. Isso é muito gostoso, eu sinto mesmo que eles sabem dessas mudanças todas e estão dizendo “fica tranquila mamãe, está tudo bem!”.
      Já era hora de conviver com “gente grande” e voltar a trabalhar. Tenho a sorte de voltar no trabalho que gosto de fazer.
      Obrigada pela força! Grande beijo, Sam

  2. maria elisa cortez salgado

    Samantha,boa sorte,que você tenha o sucesso nessa nova empreitada que você tem tido com seus bebês.
    Que Deus te ilumine sempre,e que você continue a ser a mulher e mãe maravilhosa que você é.
    Beijos e abraços e muito sucesssssooooo…..
    Elisa

  3. Boa Sam, é isso aí! A gente tem que buscar a felicidade sem culpas ou neuras. Seus filhos vão te agradecer no futuro por também pensar em cuidar de vc! A gente é uma mãe muito melhor quando está feliz!
    Bjs

    • E com dinheiro para pagar o berçário rsrsrs que não é nada barato!
      Estamos indo bem na nossa nova rotina…vou tentar postar algo a respeito. Beijos e obrigada pela força. Sam

  4. Ola,

    Adorei seu post! Acho que o fato de você gostar do trabalho ajudou muito e também adorei a dica de deixar aos poucos na escolinha!! Qual escolhinha voce os colocou? Estou pesquisando!! Sou de SP também!!

    beijos e boa sorte!!

    • Oi talitah
      Vou te mandar um email com os berçários! Vc vai ver de tudo na sua procura…rsrsrs…eu posso falar que vc vai sentir tranqüilidade qdo for o berçário certo…vc vai ver! Bj

  5. Edna

    Ja matriculei os meus na escolinha volto a trabalhar ano q vem em fevereiro no momento to trabalhando com convites e rotulos faço no pc na verdade sou recepcionista mais ja da um aperto no coraçao de deixar eles na escolinha.

    • Oi Edna!
      Pode tranquilizar seu coraçãozinho, eles vão AMAR ficar na escolinha, vai por mim.
      Quando comecei a ver berçário, ficava com o coração na mão, pensava até que o trabalho não ia render.
      Mas eles se adaptaram super bem, nossa vantagens é que em 2 a adaptação é bem mais rápida!
      E no trabalho, chego a esquecer tudo que tenho que fazer em casa e com as crianças, é uma forma de trabalhar a cabeça, pensar em outras coisas, ter outros interesses, amigos para conversar sem ser sobre fraldas…rs.
      Boa sorte nessa nova etapa!
      Grande beijo

  6. Valquiria

    Oi Samantha!!
    Adorei descobrir seu blog, esta sendo inspirador agora que estou sofrendo muito pra tomar uma decisão muito difícil, voltar ou não pro trabalho?! Tenho gêmeos de 5 meses, a Luiza e o Miguel,mas como nasceram com um mês e meio de antecedência a idade corrigida deles é 3 e meio…
    Ainda não consegui me decidir se volto ou não. Moro em Curitiba e meu trabalho é digamos que um local não muito fácil de se lidar no dia a dia, mas penso na questão de estar afastada, ficar sem minha independência financeira o que é muito importante pra mim. Meu marido diz que eu quem administrarei o salário dele, mas certas coisinhas que gosto de fazer terei de deixar pra mais tarde e me adaptar.
    Já pensei em voltar e tentar me dar essa chance, mas terei que deixar meus bebês com uma empregada/babá e com minha mãe (que mora ao lado da minha casa), mas estarei perdendo todo o inicio da vida dos meus amores, ensinar as coisinhas básicas, descobrir junto, enfim… vc sabe como é!
    O Miguel vai sofrer mais que a Luiza e isso me dói muito… meu marido quer que eu fique em casa, estudando para fazer um concurso publico, me dar esse tempo, como ele diz essa oportunidade de conseguir algo melhor pra mim, mas me apoia no caso de eu querer voltar, mas como ele mesmo me disse: as crianças exigem muito e não é nada fácil, vamos mesmo deixar eles com uma pessoa estranha e com minha mãe? Será que vale a pena o meu emprego que sempre me deixou um tanto nervosa devido as praticas utilizadas pelo Diretor?
    Enfim, queria sua opnião pra me ajudar.
    Vou ficar muito grata mesmo!!

    Obrigada e um abraço!

    Valquiria

    • Oi Valquiria,
      Parabéns pelos bebês!
      Eles são pequeninos ainda, né?!
      Eu voltei a trabalhar tranquila e feliz, mas eles já estavam com 1 ano. Assim fica mais fácil.
      Espero que tome a melhor decisão, se por um lado é muito bom ficar com eles, o trabalho faz muito bem pra gente também, não sei você, mas quase pirei ficando 100% do tempo cuidando deles…rs.
      Mas eles são novinhos demais, se puder esperar mais um pouco, espera!
      Beijos e boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s