Adaptação no berçário

Falam que a mãe demora mais para se adaptar do que o bebê né?!

No nosso caso foi tudo bem com ambos, bebês e mamãe se adaptaram muito bem a nova rotina.

Nesse ponto, eles serem gêmeos ajudou muito na adaptação, afinal eles não estavam “sozinhos”, eles tinham um ao outro durante essas horas fora de casa e longe da mãe.

O maior problema com certeza foi resolver o período que eles ficariam na escolinha.

Segui o conselho de 9 entre 10 mães…rs. Matriculei no período da tarde.

Porém, após o terceiro dia da adaptação, eu percebi que eles não estavam aproveitando o tempo e as brincadeiras, pois estavam com sono (eles costumam tirar uma boa soneca após o almoço).

Chegavam em casa tão cansados que não queriam nem jantar. Foi uma confusão!

E toda manhã eles acordam por volta das 7 horas  com pique total, querendo brincar, sair na rua…etc.

Então, resolvemos fazer um teste no berçário, levamos durante 2 dias na parte da manhã.

Foi ótimo! Eles brincaram bastante e participaram muito melhor de todas as atividades propostas.

Eu não quereria impor um horário, afinal eu ainda não voltei a trabalhar. Fiz o melhor horário para eles.

Estamos na segunda semana de adaptação. Na verdade eu(a mãe) já fui “convidada a me retirar” a partir do terceiro dia. Então no terceiro dia eles já ficaram sozinhos por 2 horinhas, depois 3 horinhas e hoje ficaram as 4 horas todinhas e sem chorar quando fui embora! 😉

Hoje eles almoçaram lá pela primeira vez. Comeram tudo e sem usar o prato de chapéu, jogar os pedacinhos de carninha fora do prato…etc! Eba! O dinheiro gasto já está valendo a pena! rs

O mais importante disso tudo, é ver e sentir que eles estão bem e curtindo. Eles estão felizes e demonstram isso.

Sei que fiz a escolha certa! Esperei completarem 1 ano e meio (segundo o pediatra o ideal é aguardar 2 anos) mas achei que já estava na hora. Eles estavam super ativos e querendo novas atividades.

Hoje estamos todos adaptados! Bebês e mamãe!

Dica: Quando você gostar de um berçário, volte lá com seu bebê. Ele mesmo vai te dar sinais se gostou ou não. Comigo deu certo!

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Depois

7 Respostas para “Adaptação no berçário

  1. Olá Samantha!

    Estou grávida de um casal de gêmeos que deverá nascer em agosto. Encontrei seu blog por acaso a algumas semanas e desde então não deixo de acompanhar suas aventuras.
    Gosto muito da forma bem humorada e realista com que você expõe as experiências do cotidiano.
    Já aprendi muito e também me emocionei com algumas postagens, como “Gêmeos: irmãos e amigos” e “Juntos dentro e fora da barriga” (me desmanchei com essa! rsrs).
    Queria que você soubesse que seu blog faz diferença na vida de algumas pessoas. Queria também parabenizá-la, pois mesmo cuidando de dois bebês arruma um tempinho para passar por aqui e compartilhar suas experiências com a gente.
    Beijinhos.
    Lilian

    • Lilian obrigada pelo seu comentário, fiquei feliz!
      Escrever esse blog tb é uma terapia, adoro dividir as minhas aventuras, dicas e desesperos com vcs…rs.
      Entrei no seu blog e matei saudade do meu barrigão! Vou acompanhar!
      Parabéns pelo casalzinho e seja muito bem vinda ao louco e feliz mundo de mãe de gêmeos!
      Beijos, Samantha

  2. Ela

    Também terei um casal em agosto! Estou em dúvida sobre quando já devo ter uma ajudante em casa para me dar um help nas horas difíceis depois do parto, principalmente com as roupinhas, limpeza de quarto, banheiro etc…

    Vi seu post sobre como é importante ter alguém antes dos bebês nascerem.. agora.. você que já teve esta experiência.. acha que um mês de adaptação com a pessoa é muito, bom, pouco? Pretendo que a pessoa more comigo. Beijos, Ela 🙂

    • Oi Ela!
      Olha…vc vai sim precisar de ajuda nos primeiros meses (na verdade quase por 1 ano…hahahha).
      Eu resisti muito a ter alguém, pois não queria ninguém morando com a gente, nem avó e nem babá…mas a coisa saiu do controle e quase piramos! É realmente muito dificil vc sozinha cuidar de 2 bebês.
      A minha babá na verdade é a moça que já trabalhava na minha casa, não contratei babá enfermeira. minha opção foi na confiança, mais do que experiência. Eu demorei muito pra resolver e ter uma pessoa, se vc conseguir resolver antes é bom, mas não precisa contratar antes deles nascerem, mas já vai procurando, entrevistando…etc.
      Boa sorte e manda noticias! 😉

  3. Ela

    Obrigada! Vou dando notícias sim! Beijos e parabéns pelos seus lindos filhos.

  4. Patricia

    Samantha, você poderia por gentileza informar o nome do berçário em que o gêmeos ficaram?
    Obrigada

    • Oi Patricia, eles ficaram num berçario em Moema chamado Harmonia, ficava na Rua Aurea e era MUITO bom, mas parece que mudaram os donos, então não sei como ficou.
      Boa sorte ai na busca 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s